Assembleia

AMUSUH elege nova Diretoria e Conselhos

A Diretoria Executiva e os Conselhos Fiscal e dos Municípios Alagados foram eleitos nessa quarta-feira (10) por videoconferência com grande participação dos associados. Os nove prefeitos (as) da Diretoria Executiva, 10 do Conselho Fiscal e 20 do Conselho dos Municípios Alagados representam 739 municípios dos 21 estados da Federação. A Associação Nacional dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas e Alagados inicia mais um biênio (2021-2022) sob o comando de experientes gerentes municipais. A chapa de consenso foi eleita por unanimidade e todos os mais de 70 presentes reforçaram apoio às pautas e estratégias de ação da AMUSUH para desenvolver os municípios.

O presidente da AMUSUH e ex-prefeito de Abdon Batista (SC), Lucimar Antônio Salmória iniciou a assembleia apresentando o informativo da gestão de 2017 a 2020 enfatizando os 27 anos da entidade e destacou as principais conquistas. “A Associação vem crescendo constantemente e deixamos um legado nesses últimos quatro anos. A sanção do PLC 315 foi uma grande vitória. Esse aumento da Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH) fez justiça e recuperou um pouco as perdas com a redução da Tarifa Atualizada de Referência (TAR). Também trabalhamos em questões judiciais para reverter as perdas consideráveis com a redução da TAR de 2014 para 2018. Nosso estudo técnico identificou perdas de mais de R$ 2,4 bilhões entre Municípios, Estados e União. É preciso modernizar através de uma nova legislação. Além de acionar outros órgãos do governo para alcançarmos os objetivos, a AMUSUH espera que melhorias poderão vir no novo Código Brasileiro de Energia Elétrica em tramitação no Congresso. O artigo 20 da Constituição que rege os minérios e o petróleo também precisa ser aplicado na energia elétrica”.

Ainda de acordo com Salmória, para além da energia, as águas públicas também podem gerar outras rendas. “Os lagos têm enormes potenciais. A aquicultura, turismo, lazer e pesca esportiva, são grandes formas de aproveitamento. A conquista do decreto de desburocratização e da dispensa do processo licitatório vai facilitar muito”.

Presidente eleito e prefeito de Ilha Solteira (SP), Otávio Gomes garantiu a consolidação da AMUSUH. “A AMUSUH foi fundada em 1993 e o primeiro presidente foi meu pai, Edson Gomes, que também a presidiu em 2009 e 2010. A Associação cresceu vertiginosamente e agora temos uma Diretoria e Conselhos que representam a quase totalidade do nosso Brasil. A AMUSUH é municipalista e vai zelar pelos 739 municípios sedes de usinas hidroelétricas e alagados. Assumimos este biênio com grandes desafios e metas em favor dos municípios e vamos unir esforços para levar mais esperança para a nossa população. O trabalho do PLC 315 foi técnico, político e brilhante. A AMUSUH é para além das batalhas pela CFURH, é também uma extensão das prefeituras. Nessa eleição alteramos o estatuto da entidade para concretizar parcerias como a que temos com a secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP) do Ministério da Agricultura (MAPA). Faremos um trabalho transparente para avançamos ainda mais”.

A secretária-executiva da AMUSUH Terezinha Sperandio apresentou as bases das conquistas e os próximos horizontes. “A AMUSUH é parte desses grandes avanços para os municípios. O decreto que desburocratiza o uso das águas é um importante avanço. Abre campo para investimentos. Agora também vamos batalhar pelas modernizações da Legislação através de um Projeto de Lei e do novo Código de Energia Elétrica que já conta com uma nota técnica bem embasada. A Constituição precisa ser respeitada. Continuamos trabalhando com muito afinco. Temos uma equipe enxuta e consultores que estão sempre a postos. Vamos fomentar videoconferências estaduais para aproximar os municípios da Associação. A AMUSUH atua sempre com o respaldo de bancos de dados que nunca foram contestados. Somos base de políticas públicas”.

Acesse AQUI o informativo de 27 anos que prestou contas em relação à última gestão 2017-2020

 

 

Depoimentos na Assembleia

Valdir Colatto – Diretor do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e ex-deputado federal

A AMUSUH está sempre em plena atividade na defesa dos municípios. E isso se tornou ainda mais concreto com o decreto que desburocratiza o uso das águas das usinas. Oriento os prefeitos (as) a procurarem o secretário da Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP) do Ministério da Agricultura (MAPA) para informações quanto às possibilidades de exploração de lagos. Temos grandes lavouras de água para aproveitar. Em reservatórios de com pequeno impacto, também podemos desenvolver o turismo em várias áreas. Nós do SFB estamos à disposição para orientar os prefeitos com base no Código Florestal. Parabéns à AMUSUH e sucesso para o novo comando.

Marcia Rossatto Fredi – prefeita de Fortaleza dos Valos (RS) e membro do Conselho dos Municípios Alagados

A diretoria que sai agora agregou muito. Toda a luta pela sanção do PLC 315 significou muito para todos. Só no nosso município, o aumento foi de 20 a 30% com o aumento da CFRUH. Parabenizo a todos da Associação.

Sílvio Zancanaro – prefeito de Campos Novos (SC) e Diretor Financeiro

A AMUSUH sempre trabalha em boas pautas para os municípios. Agradeço ao Lucimar e a toda a equipe e permaneço à disposição.

Lastênio Luiz Cardoso – prefeito Baixo Guandu (ES) e membro do Conselho Fiscal da AMUSUH

Estamos à disposição para ajudar todos os municípios. Continuem com esse trabalho. Parabenizo as mulheres pelo seu dia e espero que haja cada vez mais no comando de prefeituras, estados e do nosso país.

Rosana Infeld – prefeita da Zortéa (SC) e membro do Conselho dos Municípios Alagados

São maravilhosas as ações da AMUSUH e os grandes trabalhos coordenados pelo Lucimar. Agora temos que pelo menos manter o patamar dos serviços. Vou compor para ajudar e desejo uma ótima gestão a todos.

Leomar Rohden – prefeito de Pato Bragado (PR) e membro do Conselho dos Municípios Alagados

Parabenizo o Lucimar, a Terezinha e toda equipe da AMUSUH. Lembro do dia da sanção do PLC 315 e de toda a ajuda que o deputado Sérgio Souza nos ofereceu. Foi um grande esforço pela sanção. Não é possível trabalharmos individualmente. As ações acontecem nos municípios. Juntos faremos mais pelos lindeiros e por todo o Brasil.

Renata Borges – prefeita de Araporã (MG) e Vice-Presidente da AMUSUH

A AMUSUH é uma sentinela, está sempre alertas às nossas demandas e receitas com a da CFURH. Aquela mobilização pelo PLC 315 com vários parlamentares foi muito importante. Aprendi muito com os prefeitos da região Sul que trabalham bem o cooperativismo. Agora teremos grandes lutas nas Reformas Tributária e outras. Estaremos atentos na defesa dos municípios.

Julio César Gomes – ex-prefeito de Sud Menucci (SP)
A AMUSUH é um esteio para os municípios e para o Brasil. Gostei muito da composição dos Conselhos e da Diretoria que reflete a grandiosidade do nosso país. O trabalho extraordinário da Associação continuará.

Fabiano Dalla Valle – prefeito de Tiquira (MT) e membro do Conselho Fiscal da AMUSUH
É uma honra participar de uma Associação tão importante. Nos colocamos à disposição para fazermos um trabalho unidos para trazermos resultados. Agradeço a todos.

Rodrigo Rodrigues Almeida – prefeito de Cachoeira Dourada (GO) e Diretor Administrativo
Agradeço muito por participar de uma Associação tão importante. Que nós possamos dar continuidade ao trabalho e aprender com os ensinamentos daqueles que vieram antes. Contem comigo.

Hugo Deleon de Carvalho Costa – Prefeito de Três Ranchos (GO) e membro do Conselho dos Municípios Alagados
Além do respaldo em nível federal, a AMUSUH também nos ajuda com outras questões da nossa prefeitura. Muitos ganhos a Associação nos trará.

Weslei Santi – prefeito de Sacramento (MG) e membro do Conselho dos Alagados

Agradeço a oportunidade de fazer parte do conselho dos alagados e tenho certeza de que juntos seremos mais fortes.

Phabio Augustus da Silva Moreira, prefeito de Paranã (TO) e membro do Conselho Fiscal da AMUSUH
Temos grandes desafios e a AMUSUH é nosso apoio para passar pelos gargalos. Espero que a Associação nos ajude nos problemas que temos aqui no município.

Edson Stefano Takazono, prefeito de Anaurilândia (MS) e membro do Conselho dos Alagados.
O brilhante trabalho da AMUSUH foi sentido no aumento da nossa arrecadação. Temos grande respeito por essa Associação.

Ângelo Guerreiro – prefeito de Três Lagoas (MS) e Diretor de Relações Institucionais da AMUSUH
É uma grande satisfação participar dessa equipe maravilhosa da AMUSUH que tem desenvolvido um trabalho com muita seriedade. A Associação cresceu muito em credibilidade e estamos aqui para somar e contribuir da melhor forma possível.

Heraldo Trento, prefeito de Guaíra (PR)
Desejo sucesso absoluto para a nova diretoria. A AMUSUH tem um reconhecimento muito grande. Muito respeitada em todos os órgãos federais e no Legislativo. A composição do novo comando da Associação é bem democrática. Instituição que aprendi a respeitar.