RRAF0018

AMUSUH aproxima os empresários dos municípios

As novas formas de renda a partir das centenas de lagos das usinas têm apoio das empresas concessionárias das usinas hidroelétricas. Em reunião na Associação Brasileira dos Investidores em Autoprodução de Energia (ABIAPE) em Brasília, a Associação Nacional dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas e Alagados (AMUSUH) confirmou essa disposição dos empresários em potencializar os aproveitamentos das águas públicas.
O presidente da AMUSUH e prefeito de Abdon Batista (SC), Lucimar Salmória, apresentou o interesse das prefeituras em abrir espaço para os investidores. “Estamos determinados a construir as condições para os investidores participarem dessas parcerias com vistas a potencializar e melhor utilizar os lagos”, declarou Salmória.

O presidente da ABIAPE, Mário Menel, reforçou o interesse nas cooperações. “Os empresários estão dispostos a essa aproximação. O desejo é muito grande. Muitas vezes eles sentem resistência da comunidade local. Recursos estão disponíveis e agora temos que nos concentrar em projetos pilotos que sirvam de exemplo para outros municípios”, afirmou Menel.
A AMUSUH desenvolveu o estudo do Cenário Atual do Marco Regulatório dos Usos Múltiplos das Águas de Reservatórios de Usinas Hidroelétricas para avançar com as iniciativas embasadas em experiências exitosas e nas atuais condições das mais de duas centenas de represas de hidroelétricas. A participação das prefeituras com projetos é determinante para a construção de uma ampla política desenvolvimentista que chegue aos 734 municípios sedes de usinas hidroelétricas e alagados de 21 estados da Federação.