Captura de Tela 2019-08-20 às 18.05.34

Passuelo – “Novos investimentos nos lagos são bem-vindos”

A Associação Nacional dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas e Alagados (AMUSUH) mobiliza constantemente os gestores dos municípios sedes de usinas e alagados para fomentar novos usos dos lagos para além da geração elétrica. A aquicultura, pesca esportiva, turismo e lazer têm grandes potenciais para gerar renda e desenvolvimento social nos municípios.

Para o prefeito de Fronteira (MG) e diretor administrativo da AMUSUH, Marcelo Passuelo, a pressão política em Brasília é imprescindível para avançarmos com novos marcos legais para os lagos. “Estamos buscando aqui em Brasília soluções e melhorias para o nosso município em que está sediada a usina de Marimbondo. Temos que investir nos lagos em relação a criação de peixe em tanques-redes, a pesca esportiva, o esporte náutico e outras ações. Fronteira faz muito bem isso. Precisamos correr atrás de investimentos para aproveitarmos cada vez mais nossos lagos”, afirmou Passuelo.

Diante do grande potencial dos 41 mil quilômetros quadrados de áreas alagadas pelas usinas hidroelétricas, a meta da Associação é incrementar a economia dos municípios. A AMUSUH articula novas alternativas buscando um futuro melhor para os mais de 42 milhões de brasileiros que vivem nos 734 municípios que serão beneficiados com esses novos investimentos para além da geração elétrica.