image1(3)

AMUSUH reúne dezenas de autoridades em primeira reunião geral

A Associação Nacional dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas e Alagados (AMUSUH) reuniu dezenas de prefeitos (as), parlamentares e outras autoridades na primeira reunião geral de 2019 realizada na Câmara dos Deputados na terça-feira (12). O objetivo deste primeiro encontro foi estreitar as relações e perspectivas municipalistas com as esferas federais e suas iniciativas mais amplas. A nova composição do Congresso, os projetos em andamento e aqueles que devem ser apresentados ou arquivados foram tema dos debates.

Para o presidente da AMUSUH e prefeito de Abdon Batista (SC), Lucimar Salmória, essas aproximações institucionais são imprescindíveis para garantir avanços. “Vamos buscar um diálogo estreito com o governo e parlamentares, sobretudo junto aos novos que chegaram agora e que ainda não conhecem bem a realidade dos municípios sedes de usinas e alagados”, afirmou Salmória

 
A secretária-executiva da AMUSUH, Terezinha Sperandio, alertou os prefeitos (as) sobre a necessidade de manutenção de contatos diretos com os parlamentares para aprimorar ou mesmo rejeitar as propostas apresentadas. ” Novas propostas prejudiciais aos municípios sedes de usinas e alagados estão chegando e outras que foram retiradas por meio da ação da Associação estão voltando. Temos um cenário político novo em Brasília em que 52% dos deputados eleitos e 82% dos senadores são novos e o ministérios também foram mudados. Agora é hora de agirmos mais uma vez articulando e conscientizando estes novos representantes sobre a realidade dos nossos municípios”, declarou Terezinha. 
 
O vice-presidente da AMUSUH e prefeito de Cotiporã (RS), José Carlos Breda,conclamou a todos os prefeitos (as) para que se filiem à Associação e assim fortalecessem as lutas. “Já tivemos várias vitórias e precisamos cada vez mais fortalecer essa Associação que tem sido a mais legítima representante dos municípios nas mais diversas ações. Muitas medidas já foram arquivadas, mas continuam sendo apresentadas e isso nos faz manter constante vigília política para mostrar aos parlamentares os impactos nos municípios”, disse Breda.
 
A AMUSUH começa o ano de 2019 reunindo dezenas de autoridades que tem enorme potencial para fazer imensa diferença na vida dos 42 milhões de brasileiros que vivem nos 729 municípios sedes de usinas hidrelétricas e alagados. Durante a semana serão diversas audiências para os prefeitos (as) apresentarem as demandas e afinarem as estratégias para o ano. A força política dos prefeitos (as) focalizada pela AMUSUH se transformará em grandes avanços.
image1(1) image1(2) image1(4)