Captura de Tela 2016-08-05 às 07.33.14

Estudos técnicos vão embasar legislação para a aquicultura gaúcha

Desde a assinatura do protocolo de intenções com a Associação dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas e Alagados (AMUSUH), a Universidade de Passo Fundo (UPF) tem mobilizado seu capital intelectual para ajudar no desenvolvimento da aquicultura nas represas das usinas. Esta aquicultura é complexa e, além de importantes investimentos, é necessária uma legislação adaptada às realidades do setor.

Para o reitor da UPF, José Carlos Carles de Souza são imprescindíveis pesquisas científicas que aprimorem a atividade. “A Universidade de Passo Fundo sempre foi parceira do desenvolvimento regional. Agora junto com a AMUSUH estamos desenvolvendo projetos de aquicultura. Estamos trabalhando em tudo que é possível para a utilização dos nossos recursos hídricos. Nós precisamos esclarecer cada vez mais essa questão a fim de potencializar tudo aquilo que a tilápia poderá trazer para nossa economia e cadeia alimentar.  E não só a tilápia pois existem outras espécies que podem ser estudas no sentido de potencializarmos o consumo de peixes no nosso Estado”, declarou Souza.

Nota técnica da Secretaria de Aquicultura e Pesca (MAPA) defendendo o cultivo de tilápias no Rio Grande do Sul –https://issuu.com/amusuhassociacao/docs/nota_t__cnica_018_2016_caau__cultiv

Carta do Seminário Aquicultura em Águas Públicas – https://issuu.com/amusuhassociacao/docs/carta_do_seminario_-_aquicultura_em

Ofício da AMUSUH ao governador do Rio Grande do Sul – http://issuu.com/amusuhassociacao/docs/of._460-audiencia_governador-rs_-_j

 

Comentários:0

Deixe uma resposta