Captura de Tela 2016-08-05 às 07.32.17

Caixa deverá financiar empreendimentos de aquicultura 

Assim como já é realidade em outros setores agropecuários, a Caixa Econômica também poderá viabilizar recursos para investimentos em aquicultura assim que a atividade for devidamente regularizada pelo governo do Rio Grande do Sul. O banco apoia essa estratégia desenvolvida pela Associação dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas e Alagados (AMUSUH) de desenvolver essa nova atividade no Estado e participou do encontro em que governador José Ivo Sartori prometeu criar um grupo de trabalho para elaborar as regras legais do setor.

De acordo com o superintendente de Negócios de Governo e Judiciário Norte Gaúcho, Airton José Echer, assim que a legislação estiver pronta, o banco deve ofertar linhas de financiamento para a aquicultura. “No caso da aquicultura, é preciso consolidar a legislação. Depois disso, a Caixa vai repassar recursos federais ou em mesmo através de uma linha específica de investimento. Em outros setores como a suinocultura ou mesmo a piscicultura, nós já temos passado recursos para a construção de frigoríficos. Só falta consolidar a legislação da aquicultura”, garantiu Echer.

Nota técnica da Secretaria de Aquicultura e Pesca (MAPA) defendendo o cultivo de tilápias no Rio Grande do Sul –https://issuu.com/amusuhassociacao/docs/nota_t__cnica_018_2016_caau__cultiv

Carta do Seminário Aquicultura em Águas Públicas – https://issuu.com/amusuhassociacao/docs/carta_do_seminario_-_aquicultura_em

Ofício da AMUSUH ao governador do Rio Grande do Sul – http://issuu.com/amusuhassociacao/docs/of._460-audiencia_governador-rs_-_j

 

 

Comentários:0

Deixe uma resposta