Reunião sec pesca - Mesa

Secretaria de Aquicultura e Pesca reafirma parceria com AMUSUH

A Associação Nacional dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas e Alagados (AMUSUH) estreitou as relações com a Secretaria de Aquicultura e Pesca do ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Em audiência nesta quinta-feira (7), o secretário da pasta, Samir Pinheiro, a secretaria executiva da AMUSUH, Terezinha Sperandio, e parlamentares debateram o setor da produção de pescados e as ações necessárias para desenvolver a piscicultura nos municípios banhados pelos lagos das usinas. Especialista no setor, o secretário garantiu total dedicação à expansão deste setor que irá dinamizar as economias municipais.

De acordo com o deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC), presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas e Alagados, é preciso trabalhar desenvolver a aquicultura. “Em alguns estados a produção de pescados já adiantou. Até fizemos o primeiro Seminário Aquicultura em Águas Públicas que foi bastante concorrido. Queremos mostrar a viabilidade da pesca. É uma área que temos que explorar. Queremos nos alinhar com a Secretaria para defender os municípios e fomentar a piscicultura. Precisamos desatar os nós”, afirmou Colatto. Além de Colatto, também participou da reunião o deputado federal Luiz Carlos Heinze (PP-RS).

Para o secretário nacional da Pesca e Aquicultura, Samir Pinheiro, a produção de pescados precisa ultrapassar os desafios. “Estamos à disposição na Secretaria. Queremos dar viabilidade à produção de pescados. Sempre que precisarem, podem nos acionar. A produção pode triplicar nos próximos anos. Queremos que o Brasil seja referência na produção de peixes”, declarou Pinheiro.

No mesmo sentido se posiciona a secretária executiva da AMUSUH, Terezinha Sperandio, que acredita nas boas relações com a secretaria para expandir a aquicultura no país. “O objetivo desta audiência com o secretário Samir Pinheiro é estreitar os laços da Associação com a Secretaria. A AMUSUH está buscando novas alternativas econômicas para os municípios. Desta reunião saíram muitas ideias e estratégias para traçarmos metas para 2017 no sentido de beneficiar os 722 municípios que tiverem interesse na implantação da piscicultura em tanques-rede”, disse Terezinha Sperandio.

Comentários:0

Deixe uma resposta