tanques-rede

Alternativa para o uso das represas

A água que movimenta turbina também cria pescados

A construção da barragem de Três Marias no Rio São Francisco transformou a vida de oito municípios ao criar um lago com mais de 21 bilhões de metros cúbicos de água e quase três quilômetros de comprimento. Mais do que força para movimentar turbinas, essa represa garante a segurança hídrica da população, regula a vazão e melhora a navegabilidade nos trechos do rio. Além disso, toda essa riqueza hídrica agora se transforma em pescados que alimentam famílias e dinamizam a economia dos municípios.

Em 2001, os oito municípios atingidos pela barragem (Abaeté, Paineiras, Biquinhas, Pompéu, Morada Nova de Minas, Felixlândia, São Gonçalo do Abaeté e Três Marias) se uniram para formar a COMLAGO. Apesar de viverem essencialmente da agricultura e pecuária, os municípios decidiram apostar na aquicultura. Em novembro daquele ano, uma unidade demonstrativa de produção de tilápias em tanques-rede começou a funcionar. Desde então, a região vem consolidando a produção de peixes tanto por pequenos quanto por grandes empresários. Tudo de forma sustentável.

Atualmente, os 5931 tanques-rede instalados na represa produzem cerca de 6,8 mil toneladas de pescado anuais. Pode parecer muito, mas o potencial do lago é da ordem de 54 mil toneladas por ano. Para aumentar essa produção, contamos com os trabalhos da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco) e da Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural). Também estamos fechando uma parceria com o Instituto Federal do Leste para a capacitação de produtores e técnicos ligados à aquicultura.

Temos bilhões de metros cúbicos de água, mão-de-obra capacitada e a vontade de tornar a região um grande polo de produção de pescados. Estamos com as portas e o lago abertos para todos os empreendedores que estejam prontos para o futuro da produção de pescados em represas. Venha realizar seus negócios aqui.

Vicente de Paulo Resende

Prefeito de Três Marias/MG

Presidente do consorcio dos municípios do entorno do lago de Três Marias (COMLAGO)

Comentários:0

Deixe uma resposta