Mineradora se consolida como líder em exportações

A Vale consolidou, até o mês de julho, a posição de maior exportadora do Brasil, ampliando a distância da segunda colocada, a Petrobrás. No ano, até julho, as vendas externas da Vale somaram US$ 14,348 bilhões, o correspondente a 10,38% do total exportado pela País no período. A Petrobrás, por sua vez, ficou com a fatia de 9,55%, com US$ 13,199 bilhões exportados. Os dados foram divulgados ontem pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

Apesar de a Vale seguir em primeiro lugar nesse ranking, as exportações da empresa recuaram em relação ao registrado em igual período do ano passado. Segundo o Mdic, a retração foi de 21,53%. Uma das razões é a queda do preço do minério de ferro no mercado à vista (spot) chinês neste ano em relação a 2011.

SEgundo dados do próprio ministério divulgados no início do mês, a média do preço do minério em julho foi de US$ 104,3 a tonelada, 23,9% a menos do que o anotado em mesmo mês de 2011.

Considerando apenas os números de julho, as exportações da Vale chegaram a US$ 2,431 bilhões, à frente dos US$ 1,755 bilhão da Petrobrás no mês passado. O valor exportado pela mineradora em julho representou um leve aumento de 3,1% em relação ao mês anterior. A última vez que a Petrobrás ficou à frente da Vale no ranking foi em 2009.

*Fonte: O Estado de S. Paulo – 17/08/2012